Papo Tático: Vitória 0 x 0 Brasil-RS

Papo Tático: Vitória 0 x 0 Brasil-RS

05/11/2020 Off Por Paulo Roberto
Apesar da supremacia, Vitória joga bem mas não sai do 0x0 contra o Brasil de Pelotas, pela 19ª rodada da série B, e acumula agora oito jogos sem vencer.
O rubro-negro baiano desperdiçou chances claras de gol, se atrapalhou em sua própria deficiência técnica e novamente tropeça em casa.
COMO OS TIMES VIERAM A CAMPO
O Vitória foi a campo com um time bem diferente em relação a seu último jogo contra o Botafogo-SP. Van retornou a lateral-direita após retornar de lesão. Wallace ganhou vaga de João Victor e formou dupla de zaga com Maurício Ramos. Carleto voltou a lateral enquanto Rafael Carioca jogou mais avançado. Vico retornou ao time principal já que Ewandro se machucou. Lucas Cândido entrou no lugar do também lesionado Gérson Magrão. E por fim o estreante Thiago Lopes entrou no lugar de Juninho Quixadá, mais um que se lesionou.
Sem bola, o leão manteve seu 4-4-2, dessa vez com Thiago Lopes e Léo Ceará mais à frente. Ressalvas para a saída em alguns momentos de um terceiro jogador nessa última linha. Vico, Rafael e Cândido/Frizzo foram os principais.
Já com a posse, o Vitória basicamente atacava com seus dez jogadores de linha, muito devido a postura defensiva do adversário, que marcou em bloco baixo em praticamente todo jogo, chamando assim o leão para povoar o seu campo. O que mais notei foi a saída de bola com Wallace, Maurício e Rend um pouco mais à frente da dupla de zaga. Na segunda linha, Carleto e Van abertos em amplitude, com Thiago Lopes e Cândido fechando pelo meio. Na última linha Carioca pela esquerda, Vico pela direita e Léo Ceará centralizado. Uma espécie de 3-4-3 foi bastante vista. Claro que houve outras variações provenientes da dinâmica do esporte.
Já o Xavante veio postado (sem bola) no 5-4-1 muito bem postado. Foi notório logo de cara que o time gaúcho iria se defender, uma primeira linha com cinco jogadores testificou isso. Ainda em fase defensiva, o adversário variava pro 4-5-1 e também o 4-4-2 (quando um jogador das duas primeiras linhas avançavam, assim saindo do 5-4-1). Com a posse foi muito difícil identificar a organização tática do Brasil de Pelotas, visto que os momentos em que atacou foram explorando os contra-ataques. Destaque para a excelente partida aérea defensiva do time, tirou todas as bolas.
AVALIAÇÃO INDIVIDUAL
Ronaldo – Pra quem estava acostumado a vê-lo como melhor em campo sempre… dessa vez não sujou o uniforme.
Van – Voltou muito bem. Segurou atrás e deu muita opção no ataque.
Wallace – Estava marcando muito encima, gerando buraco na defesa, mas foi bem.
Maurício Ramos – Partida segura.
Carleto – Foi bem ofensivamente. Já atrás fez o que pôde, mas cede muitos espaços.


Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário existente, faça o login.

Seja nosso assinante por apenas R$ 5,00 mensais. Nosso assinante também participa de sorteios e lista de transmissão no WhatsApp. Para pagamento via boleto nos informe seu e-mail (contato@colunaecvitoria.com.br).

PLANOS
Mensal - R$ 5,00: pag.ae/bbkGFW5
Semestral - R$ 28,00: pag.ae/bckKn02
Anual - R$ 55,00: pag.ae/blkKnC9

Login de Usuários