Papo Tático: Vitória 0 x 0 Frei Paulistano

Papo Tático: Vitória 0 x 0 Frei Paulistano

18/02/2020 Off Por Paulo Roberto

Após tropeço dentro de casa diante do Frei Paulistano, Vitória chega a seu 4º empate em cinco jogos com o profissional. Já o adversário vinha de quatro derrotas em seus últimos cinco jogos.

Rubro-negro baiano desperdiçou inúmeras chances de gol e deixa passar uma chance preciosa de ficar melhor colocado na Copa do Nordeste.

COMO AMBOS OS TIMES VIERAM A CAMPO

Geninho promoveu quatro mudanças em relação ao time que havia se classificado na Copa do Brasil no meio de semana. Os laterais Van e Carleto deram lugar a Jonatan Bocão e Rafael Carioca. No meio, Rodrigo Andrade ganhou a vaga de Gerson Magrão. Já no ataque, Rodrigo Carioca entrou no lugar de Viçosa.

O leão veio a campo num 4-3-3 simples e com a segunda linha mais alinhada. Na mesma: Rend centralizado, Fernando Neto pela esquerda e Rodrigo Andrade pela direita. Na última linha: Rodrigo Carioca aberto pela esquerda, Vico pela direita e Léo Ceará avençado.

Obviamente, essa não foi a única plataforma. Notei também o 4-1-4-1 (porém com menos visibilidade em relação a jogos anteriores), e principalmente, o 4-2-3-1. Detalhe pra essa ultima formação que Rend sempre vinha buscar a bola nos pés do zagueiro com o apoio de um dos outros volantes nessa saída em transição.

O time sergipano veio num 4-1-4-1, variou muito pro 4-5-1 também. Foi muito difícil enxergar um padrão de jogo do Frei, visto que era desprovido neste ponto. Durante todo o jogo a equipe só fez se defender e não tinha nenhuma qualidade técnica pra trabalhar a bola e propor volume de jogo. Vieram marcar! Mas até nisso pecaram muito. PS: também vieram fazer cera.

AVALIAÇÃO INDIVIDUAL

Ronaldo – Não foi acionado em nenhum momento.

Jonatan Bocão – Primeiro tempo ruim. Segundo tempo ótimo. Gostei da presença ofensiva, o que não se via com Van. Precisa aperfeiçoar seu cruzamento.

João Victor – Partida segura, ganhou muitas no alto.

Maurício Ramos – Levemente superior a João, marcou muito bem.

Rafael Carioca – Também bem ofensivamente, atuando mais por dentro, porém mostrou ter deficiência na marcação, principalmente no 1×1.

Guilherme Rend – O melhor do time. Demorou cerca de dez minutos pra entrar no jogo, mas ditou a dinâmica do jogo.


Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário existente, faça o login.

Seja nosso assinante por apenas R$ 5,00 mensais. Nosso assinante também participa de sorteios e lista de transmissão no WhatsApp. Para pagamento via boleto nos informe seu e-mail (contato@colunaecvitoria.com.br).

PLANOS
Mensal - R$ 5,00: pag.ae/bbkGFW5
Semestral - R$ 28,00: pag.ae/bckKn02
Anual - R$ 55,00: pag.ae/blkKnC9

Login de Usuários