Papo Tático: Vitória 0 x 1 Londrina

Papo Tático: Vitória 0 x 1 Londrina

29/10/2019 0 Por Paulo Roberto

Com um futebol muito abaixo, Vitória perde em casa para o Londrina e se complica cada vez mais na série B.

Londrina vinha com uma crise enorme e esteve longe de apresentar um bom rendimento técnico, mas soube ser crucial pra sair vitorioso.

O PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou sem muita dinâmica, por parte do rubro-negro baiano, havia muita dificuldade para manter um volume de jogo e propor jogadas ofensivas, por dois motivos: marcação defensiva do adversário, com linhas baixas, e pelo tempo que a bola se encontrava parada, devido a inúmeras faltas que o Londrina cometeu.

O posicionamento dos jogadores também dificultou muito. (Confira na imagem abaixo).Nesta captura podemos notar o time engessado na saída de bola. Ramon e Sena sendo os últimos homens, os volantes (Léo e Romisson) por dentro e os laterais extremamente abertos. Resultado: ineficiência transitória.

O time conseguiu crescer na metade pro fim da primeira etapa. Jordy desperdiçou duas grandes chances, o Leão conseguia pressionar o adversário e começou a mostrar um dinamismo.

Após alguns erros de posicionamento, os jogadores entenderam o jogo e muito por isso cresceu um pouco na partida. (Confira na imagem abaixo).

Aqui, Léo Gomes recua fechando na primeira linha de três com Sena e Ramon. Detalhe para Romisson que também vinha buscar na defesa. Os volantes que antes estavam “escondidos” da partida, agora participavam mais.

Pôde-se notar o time num 4-2-3-1 em algumas oportunidades, mostrando o quão isolado Jordy ficava, um pouco injusto pra quem estava jogando com uma pubalgia.

Nesta imagem, podemos ver Jordy isolado na última linha, tentando por uma pressão na saída de bola dos zagueiros, enquanto Garcia, Gedoz e Wesley estava alinhados na terceira linha.

O Londrina tentava jogar através dos contra-ataques, mas não teve êxito, jogo foi muito bem controlado pelo Vitória, pena que não conseguiu transformar isso em intensidade e chances de gol.

Primeiro tempo ficou assim, 0x0, com necessidade de mudança de postura do rubro-negro, principalmente no setor ofensivo.

O SEGUNDO TEMPO

O Vitória voltou pior para a segunda etapa. Muitos erros na transição, troca de passes sem objetividade, pouca criação e etc.

Jordy deu lugar a Anselmo, Gedoz a Chiquinho e Felipe Garcia a Negueba. Mudanças que não surtiram nenhum efeito, não acrescentaram em nada no jogo, time permaneceu com dificuldades ofensivas.

O time manteve o 4-2-3-1, confira na imagem abaixo:

Léo e Romisson formando uma linha de dois. Wesley, Chiquinho e Negueba linha de três e novamente o centroavante isolado, neste caso, o Anselmo Ramon.

Desde o jogo passado, foi possível notar a postura defensiva do time, apesar de não estar triunfando, o time deixa o adversário trabalhar, se posicionando assim com as linhas baixas.

Podemos notar um losango no meio campo, com Chiquinho jogando atrás de Anselmo.

Em erro de Wesley, que esperou o passe no pé e acabou sendo antecipado, o Londrina chegou ao gol, após uma ótima finalização.

A partir daí o jogo foi ataque contra defesa, foi mais no drama do que na técnica, time não conseguiu levar perigo à meta do goleiro do Londrina no segundo tempo. Frustrante.

Sem muito sustos, terminou assim, 0x1.

OS DESTAQUES

Positivo: Sinceramente, no jogo de ontem, não teve nenhum que se sobressaiu. Todos abaixo do esperado.

Negativo: Aqui às coisas mudam… Difícil escolher um pior. Mas fico com Wesley e Gedoz. O primeiro não vem jogando bem, errou tudo e ainda “deu” um gol. Gedoz é outro que não vem jogando bem também e pouco produziu.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Jogo preocupante para o Vitória. Time que havia mostrando uma evolução em alguns jogos, não conseguiu fazer o mesmo nos últimos dois duelos. Geninho terá que repensar no próximo time titular, não temos bons pontas, não temos um armador digno… Nossa situação é crítica. Vamos torcer para que voltemos a notar uma evolução técnica-tática.

É isso aí galera!

Por: Paulo Roberto/@Paulorobert1899
Imagens: Edição Nossa.