Analisando o contratado: Zé Ivaldo

Analisando o contratado: Zé Ivaldo

29/05/2019 0 Por Paulo Roberto

José Ivaldo Almeida Silva

Natural de Maceió-AL, Zé Ivaldo como é chamado tem 22 anos, é destro, tem 1,85m e sua posição de origem é zagueiro. O único clube profissional de sua carreira foi o Athletico-PR, o jogador chega ao Vitória por empréstimo até o fim da série B.

TRAJETÓRIA ESPORTIVA

Zé Ivaldo passou pelas categorias de base do Comercial e do CRB, passagens curtas. Chegou no Athletico-PR em 2014. Se destacou no sub-17 e posteriormente no sub-23, que também disputava campeonatos sub-20, foi o titular na defesa de ambas classes e no ano de 2016, foi incorporado ao time principal do furacão. No seu primeiro ano no profissional, entrou em campo apenas duas vezes, sem marcar gols. Já em 2017, o zagueiro ganhou mais oportunidades, entrou em campo em 20 jogos, marcando 1 gol. Mostrou que tinha muito potencial o que fez o clube catarinense o valorizar. Em 2018, jogou 36 partidas, anotou 2 gols e fez uma boa temporada. No entanto, acabou perdendo espaço neste ano, só atuou em 8 jogos, sendo 7 pelo catarinense, onde a equipe jogou com o sub-23 e um jogo da Libertadores. Sem prestígio, o zagueiro chega ao leão, jogador conhecido por Paulo Carneiro, que solicitou o seu empréstimo.

CARACTERÍSTICAS DO JOGADOR

Zé tem um ótimo porte físico, zagueiro forte e rígido. Apesar de seu porte, é um zagueiro rápido (não veloz), até por isso atua como lateral direito também. Tem muita explosão, opta por encurtar o espaço do adversário ao dar o bote rápido ou esperar a definição do atleta. Sabe balancear o momento de sair jogando com calma e qualidade, mas prefere sair jogando com passes rápidos e simples devido as “escolas táticas” do Athletico-PR nos últimos anos. O zagueiro se sobressai mais marcando centroavantes, já com atacantes de beirada, encontra mais dificuldade. Um forte do atleta são as bolas aéreas, intercepta muitas bolas de cabeça, e tem presença de área ofensiva. É um “zagueiro raiz” no sentido de vontade, tem muita raça, gosta de jogos grandes, como clássico ou decisão, incorpora o espírito do duelo, agrega muito ao time nesse aspecto.

MOMENTO OFENSIVO

Possui três gols na carreira, pela quantidade de jogos na carreira e sua posição, não pode ser considerada ruim, visto que, já atuou fora de posição também. Tem um bom cabeceio e presença de área, se desmarca fácil dentro da área adversária.

MOMENTO DEFENSIVO

Atua como zagueiro direito ou zagueiro central (podendo atuar no meio da linha de três num 3-5-2 ou 3-4-3). Tem uma marcação forte e intensa. Poderio maior nas bolas aéreas e finaliza mais as jogadas perto da lateral de campo. Tem facilidade pra sair jogando e iniciar a transição do time com bons passes.

PONTOS POSITIVOS

Bola aérea, marcação, agilidade, raça e técnica.

PONTOS NEGATIVOS

Imaturidade, finalização com os pés, tendência ao erro em alguns lances, chegadas com força exacerbada levando a cartões e inexperiência.

Vamos ao que interessa. Pontuação de 1 a 10:

POSIÇÃO: Zagueiro.

FÍSICO: Nota 7.5

Não possui histórico de lesões e sempre suportou bem os 90 minutos. Ano passado atuou em 36 partidas com tranquilidade. Tem um bom condicionamento.

EMOCIONAL: Nota 7.0

Não tem histórico de cartões na carreira. No entanto, apresenta uma certa imaturidade. Já se envolveu em dois casos polêmicos em clássico contra o Paraná, onde em um jogo “zombou” dançando contra a torcida do adversário, e na outra oportunidade acabou chamando o rival de “time pequeno” gerando polêmica e insatisfação da torcida.

TÉCNICA: Nota 7.5

Jogador muito técnico, aprendeu muito com os grandes profissionais do clube catarinense. Tem um bom passe e explora alguns lançamentos.

TÁTICA: Nota 8.0

Cumpre bem seu papel no esquema tático, e tem muita versatilidade, atuando em algumas outras posições caso o treinador solicite. Pode jogar como zagueiro direito e central, além de lateral direito.

FINALIZAÇÃO: Nota 7.0

Não é muito o seu forte. Mas tem qualidade no cabeceio, não explora os chutes com os pés, bem mais pela falta de oportunidade.

VELOCIDADE: Nota 7.0

Não é um jogador muito veloz, mas não deixa muito a desejar neste quesito, tem rapidez. Mas consegue se superar na raça em determinados lances.

MÉDIA: 7.50

CURIOSIDADE

Zé Ivaldo conquistou no ano passado a Copa Sul-Americana inédita pelo Athletico-PR. Além desse título, o jogador acumula mais dois com a CAP, são eles as conquistas do campeonato catarinense 2018 e 2019.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Achei uma ótima contratação do clube, chega com grandes chances de ser o titular do time. Claro que pode não dar certo aqui, no entanto é um jogador novo, promissor e com qualidade técnica pra nos ajudar e muito nessa série B. Apesar de não apoiar muito improvisações, mas já que o clube vive incertezas nas duas laterais, ele também pode ser muito útil na direita. Me alegro com esses tipos de contratação, espero que o jogador renda o esperado, e agregue a este elenco carente.

Por: Paulo Roberto/@Paulorobert1899

Imagem: EC Vitória.