Analisando o contratado: Capa

Analisando o contratado: Capa

29/05/2019 0 Por Mateus Batista da Silva

TRAJETÓRIA ESPORTIVA

Edson Carlos Santos Lima Junior, mais conhecido como Capa, é baiano da cidade de Serrinha. 26 anos, lateral-esquerdo, passou pela base do Palmeiras e do Braga-POR. Profissionalmente iniciou a carreira no Marcílio Dias (SC). Com passagens por Grêmio Oscasco, Atlético Aichinger-SC e Operário-PR, se destacou no campeonato catarinense de 2016 pelo Guarani-SC, até que foi contrato pelo Avaí para a disputa da Série B. Estreou na 12ª rodada, entrando no segundo tempo da partida e à partir dali ganhou a posição e foi titular até o final da competição, sendo premiado com a subida do time a primeira divisão. Em 2017 jogou a Série A praticamente toda pelo próprio Avaí. Em 2018 foi negociado para o Sport, onde atuou em apenas 6 partidas. Ao final dos estaduais voltou mais uma vez para o Avaí para disputar mais uma Série B. Marcou dois gols e mais uma vez conseguiu o acesso com o time Catarinense. Em 2019 foi disputar o campeonato paulista pelo São Caetano e acabou rebaixado para a Série A2.

CARACTERÍSTICAS DO JOGADOR

Capa é um lateral ofensivo, que chega ao ataque com muita força e velocidade. Falando na linguagem de boleiro, “joga duro” defensivamente. Não é um lateral com primor técnico. Utiliza a força e explosão para sobressair nas jogadas. Pode jogar também como um extremo pelo lado esquerdo, num 4-2-3-1, função que fez em algumas partidas no São Caetano. Ocupa bem os espaços e faz boa leitura na movimentação ofensiva.

MOMENTO OFENSIVO

Se apresenta bem e com muita força no terço ofensivo. Consegue fazer tabelas quando possui um meia que tenha essa característica. Mas peca num fundamento essencial para um lateral. O cruzamento. Precisa melhorar bastante.

MOMENTO DEFENSIVO

É forte na marcação em jogadas divididas. Joga duro. Já no 1×1 tem um pouco de dificuldade. Peca no posicionamento e na leitura das jogadas. Por essa dificuldade na leitura, se antecipa pouco nas jogadas.

PONTOS POSITIVOS

Força, velocidade e vontade.

PONTOS NEGATIVOS

Posicionamento e leitura de jogo.

Vamos ao que interessa. Pontuação de 1 a 10:

POSIÇÃO: Lateral esquerdo.

FÍSICO: Nota 8.0

Pouco se lesiona. Sempre joga temporadas inteiras, ficando de fora apenas nas partidas em que está suspenso.

EMOCIONAL: Nota 6.5

Não tem histórico de muitos cartões, mas sente quando ele ou o time é pressionado.

TÉCNICA: Nota 7.0

Capa não é um jogador técnico. Utiliza apenas a perna esquerda. A direita apenas para apertar o acelerador do carro.

TÁTICA: Nota 7.0

No momento ofensivo vai bem, mas peca no momento defensivo.

FINALIZAÇÃO: Nota 7.0

Tem apenas 8 gols na carreira. Não é o seu forte. Tem um chute forte, mas muitas vezes saem sem direção.

VELOCIDADE: Nota 8.0

Tem a velocidade com uma de suas características principais. Uso muito bem desse recurso para ter vantagem nas jogadas.

MÉDIA: 7.25

CURIOSIDADE

Apensar de baiano, o Vitória é o primeiro time do estado em que Capa joga.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Achei uma boa contratação. Capa tem o estilo de jogador de Série B, com recurso técnico limitado, mas com muita vontade e força. Faria essa contratação, mas não para ser o lateral titular. Vai agregar muito durante a competição e acredito que pode ser útil.

Por: Mateus Batista /@mbatistasilva

Imagem: EC Vitória.