Analisando o Contratado: Matheus Augusto

Analisando o Contratado: Matheus Augusto

08/05/2019 0 Por Paulo Roberto

Matheus Augusto dos Reis da Silva

Natural de Paranaguá-PR, “Manga” como é chamado, tem 23 anos, é destro, tem 1,77m e sua posição de origem é meia-atacante. Matheus Augusto é cria da base do Santos e não tem um grande currículo no profissional.

TRAJETÓRIA ESPORTIVA

A jovem promessa do Santos, não tem uma grande bagagem pela equipe profissional, permaneceu na equipe paulista de 2014 até 2018, passando pelas equipes sub-19, sub-20, e sub-23, onde jogou o Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Passou por muitos altos e baixos na base do peixe, mas acumula bons jogos pelas categorias de base, onde conseguiu se destacar, principalmente em 2017. Em 2018, teve sua primeira experiência fora do país, atuou pelo Sparta da Grécia, tendo entrado em campo em apenas três oportunidades. Em 2019, tenta enfim alavancar sua carreira pelo rubro-negro baiano.

CARACTERÍSTICAS DO JOGADOR

Tem um grande poder de decisão e velocidade. Como toda boa joia e promessa santista, é um jogador habilidoso que aposta muito na jogada individual, sempre em direção do gol. Tem uma boa finalização, principalmente de fora da área. Como atua pelo meio de campo também, tem um bom passe cruzado, e gosta de explorar os laterais também, na linha de fundo. É um jogador técnico e calmo, sabe o que fazer com a bola nos pés, sempre valorizando o drible.

MOMENTO OFENSIVO

Setor onde possui o seu melhor momento. Jogador agudo e decisivo. Busca sempre definir as jogadas, com dribles, finalizações ou passes pontuais.

MOMENTO DEFENSIVO

Não tem uma boa marcação, recompõe bem tanto jogando pelos lados, como fechando pelo meio, mas não tem o cacoete de marcador, se esforça pela vontade em lances extremos de marcação.

PONTOS POSITIVOS

Definição, drible, velocidade, finalização e passe cruzado.

PONTOS NEGATIVOS

Marcação intensa, recurso com a perna esquerda, cabeceio e as vezes faz “firulas” demais o que gera na perda da posse de bola.

Vamos ao que interessa. Pontuação de 1 a 10:

POSIÇÃO: Atacante

FÍSICO: Nota 7.0

Não tem um histórico com lesões, mas nunca jogou uma temporada inteira, sempre atuou em poucos jogos, seu condicionamento físico é duvidoso.

EMOCIONAL: Nota 7.5

Não possui problemas extracampo, expulsões bestas e é centrado nos times que joga. Acaba sentindo demais atuações abaixo do esperado.

TÉCNICA: Nota 7.5

Tem muita habilidade e decisão, um dos melhores em técnica dos novos contratados. Bom também em finalização e passe.

TÁTICA: Nota 8.0

Cumpre bem seu papel no esquema tático, e tem muita versatilidade, atuando em algumas outras posições caso o treinador solicite. Apesar de atuar melhor pelo lado esquerdo.

FINALIZAÇÃO: Nota 7.5

Não é um artilheiro. Porém finaliza muito bem de fora da área, e também possui uma boa finalização de dentro da área. Só peca no cabeceio, por conta de sua estatura.

VELOCIDADE: Nota 8.0

Corre bastante e se doa durante os 90 minutos em campo. Forte na arrancada e no lance individual, sempre com agilidade e rapidez.

MÉDIA: 7.58

CURIOSIDADE

Matheus Augusto ganhou o apelido de Manga enquanto esteve no Santos. E lá o jogador foi campeão Sul-Americano da categoria sub-15, em 2011.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Assim como a contratação de Italo, é um reforço de risco, analisando sua caminhada curta no profissional e sua experiência na série B. No entanto, Matheus Augusto, pode ir mais longe que outros atletas, tem mais qualidade técnica que alguns do time e muita habilidade. Não sabe o que é jogar uma série B, e não sabe o que é vestir a camisa de outro grande clube do Brasil, mas pode enfim encontrar o seu futebol no Vitória. Vamos torcer para que nos ajude nessa busca do acesso a primeira divisão.

É isso aí galera!

Por: Paulo Roberto/@Paulorobert1899

Foto: EcVitória.