Analisando o Contratado: Everton Sena

Analisando o Contratado: Everton Sena

05/05/2019 0 Por Paulo Roberto

Antônio Everton Sena Barbosa

Natural de Recife-PE, Éverton Sena, como é chamado tem 27 anos, é destro, tem 1,85m e sua posição de origem é zagueiro. O jogador foi revelado pelo Santa Cruz em 2009, de lá pra cá passou por outros cinco times, até chegar a toca do leão.

TRAJETÓRIA ESPORTIVA NO PROFISSIONAL

O zagueiro se profissionalizou aos 18 anos, no Santa Cruz, em 2009, onde neste mesmo ano conquistou a Copa Pernambuco. Éverton permaneceu no Santa até 2015, foram mais de 150 jogos com o tricolor do Arruda, onde ganhou o apelido de “carrapato” por anular os adversários. Chegou a receber sondagens do Palmeiras e Botafogo, mas as negociações não evoluíram. Ainda em 2015, acertou com o Boa Esporte, mas não teve êxito, acabou sendo rebaixado para a terceira divisão do campeonato nacional. Em seguida, foi a vez de defender as cores do Londrina, mas sua passagem foi apagada, sem prestígio. Em dezembro de 2017, o CRB anunciou a contratação do jogador para a temporada 2018. Teve um início discreto, mas com o tempo ganhou a titularidade e fez uma boa dupla de zaga com Anderson Conceição, foi uma das lideranças do time no ano passado. Por fim, no início do ano, Éverton atuou pelo Grêmio Novorizontino, disputando o Campeonato Paulista até chegar ao Vitória.

CARACTERÍSTICAS DO JOGADOR

Um dos apelidos de Éverton Sena é “polivalente” pois além de zagueiro, pode atuar como volante e lateral-direito. Tem uma marcação muito forte e intensa, costuma encurtar rapidamente o espaço dos adversários. É um zagueiro rápido e ágil, tem um bom passe, principalmente na saída de bola. Possui a qualidade na jogada aérea ofensiva, não como um forte, mas o necessário. E também, sabe balancear muito bem o momento de dar “chutão” pro momento de lançar ou sair jogando com a bola nos pés.

MOMENTO OFENSIVO

Tem 13 gols na carreira, a maioria de cabeça, que mostra o seu poderio ofensivo em bolas paradas, mas não é nenhum “zagueiro artilheiro”. Importante na presença de área.

MOMENTO DEFENSIVO

É um exímio marcador, tem muita força física e vontade nos lances, gosta de interceptar e anular as jogadas rapidamente, sem deixar que o adversário leve perigo ao gol. Tem um bom posicionamento, principalmente no lado direito, onde rende melhor.

PONTOS POSITIVOS

Velocidade, marcação, saída de bola e bola aérea ofensiva.

PONTOS NEGATIVOS

Como já dito, costuma se antecipar nos lances, porém isso as vezes trás prejuízos na defesa, pois ao marcar um atleta veloz, torna mais fácil o drible e ultrapassagem do adversário. Além disso, outro ponto negativo é sua finalização com os pés. Ultrapassagem dentro da área.

Vamos ao que interessa. Pontuação de 1 a 10:

 

POSIÇÃO: Zagueiro.

 

FÍSICO: Nota 7.5

Não tem um grande histórico de lesões, sempre manteve um bom condicionamento físico, e suporta uma temporada inteira com tranquilidade.

EMOCIONAL: Nota 7.5

Não tem muitos problemas extracampo explícitos, se comporta bem dentro de campo, não é nervoso e mantém uma boa conduta.

TÉCNICA: Nota 7.5

Tem um bom passe e lançamento, sabe balancear as decisões certas nos lances.

TÁTICA: Nota 8.0

Cumpre bem seu papel no esquema tático, e tem muita versatilidade, atuando em algumas outras posições caso o treinador solicite.

FINALIZAÇÃO: Nota 7.0

Apesar de finalizar bem de cabeça, não é um exímio finalizador, principalmente com a perna direita e esquerda.

VELOCIDADE: Nota 7.0

Para um zagueiro, Éverton Sena é um zagueiro bem veloz, por conta disto que o mesmo já atuou como volante e lateral-direito.

MÉDIA: 7.41

CURIOSIDADE

Precisamente, seu apelido de “carrapato” foi imposto pela torcida do Santa Cruz, após um jogo contra o São Paulo, no qual Éverton anulou o meia-atacante Lucas Moura, que hoje se encontra no Tottenham.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Para uma disputa de série B, levando em consideração que a desta temporada, é mais “fraca” que as anteriores, foi um bom reforço. Na partida de ontem, estreou já como titular e passou um bom cartão de visitas. Foi seguro e jogou bem. Antes com Edcarlos e Victor Ramos, nossa zaga ficava muito pesada, mas com Éverton, tende a ser uma zaga mais leve e com mais qualidade técnica. Vamos torcer para que o jogador manter o bom futebol e nos ajudar nessa caminhada de volta a série A.

 

É isso aí galera!

 

Por: Paulo Roberto/@Paulorobert1899

Foto: EcVitória.