Analisando o Contratado: Dudu Vieira

Analisando o Contratado: Dudu Vieira

28/04/2019 0 Por Paulo Roberto

Carlos Eduardo de Souza Vieira

Natural de Campo Grande-MS, Dudu Vieira, como é chamado tem 25 anos, é destro, tem 1,75cm e sua posição de origem é volante. O jogador foi revelado pelo Santo André em 2015, de lá pra cá passou por outros quatro times, até chegar a toca do leão.

TRAJETÓRIA ESPORTIVA NO PROFISSIONAL

Dudu Vieira é um jogador novo e está caminhando para apenas seu quarto ano no profissional. Foi revelado em 2015, pelo Santo André, porém só participou de um jogo naquele ano. Já em 2016, teve mais sequência, atuou em 37 jogos, sendo quatro pela Portuguesa, e os demais pelo Santo André. Em 2017, apresentou um bom futebol na série B pelo Figueirense, onde atuou em 32 jogos marcando dois gols. No ano passado, o atleta voltou para o Santo André, onde no primeiro semestre jogou em 12 oportunidades, mas no segundo semestre foi emprestado para o São Bento, novamente para a disputa da série B, jogou em 34 partidas, marcando um gol. Por fim, neste ano, jogou o campeonato paulista pelo Grêmio Novorizontino, atuou em 4 jogos, sendo apenas um como titular. O atleta chega ao Vitória por empréstimo até 30 de novembro.

CARACTERÍSTICAS DO JOGADOR

O jogador pode atuar em três posições: primeiro e segundo volante, além de lateral direito. Seu futebol é mais proveitoso jogando como segundo volante pelo lado direito do campo, chegando sempre a linha de fundo. Tem uma boa finalização de fora da área, qualidade no último passe e é um volante veloz que aposta em arrancadas, por conta disso já atuou como lateral no Santo André. É um jogador mais ofensivo, tem calma para sair jogando, e tem facilidade para quebrar as linhas adversárias com a posse.

MOMENTO OFENSIVO

É o seu ponto forte. Se movimenta muito bem na direita, buscando carregar a bola e tabelar com o lateral e atacante. “Pisa” bastante na entrada da área e propõe muito o jogo.

MOMENTO DEFENSIVO

Não é um exímio marcador, porém tem muita vontade, é um volante brigador, se faltar qualidade no momento de marcação, compensa na raça. Tem dificuldade em marcar contra adversários agudos.

PONTOS POSITIVOS

Velocidade, finalização de fora da área, versatilidade, último passe, calmo.

PONTOS NEGATIVOS

Tomadas de decisões equivocadas em determinados lances no setor ofensivo. Dificuldade em cobrir um companheiro de time, além de erras alguns passes longos com frequência.

Vamos ao que interessa. Pontuação de 1 a 10:

POSIÇÃO: Volante.

 

FÍSICO: Nota 7.5

Não tem um grande histórico de lesões, sempre manteve um bom condicionamento físico, e suporta uma temporada inteira com tranquilidade.

EMOCIONAL: Nota 7.5

Não tem muitos problemas extracampo explícitos, se comporta bem dentro de campo, não é nervoso e mantém uma boa conduta.

TÉCNICA: Nota 6.5

Tem um bom último passe e finalização de fora da área, porem peca em passes longos e curtos também, se mostra estabanado em alguns momentos.

TÁTICA: Nota 7

Cumpre bem seu papel no esquema tático, e tem muita versatilidade, atuando em algumas outras posições caso o treinador solicite.

FINALIZAÇÃO: Nota 6.5

Apesar de finalizar bem de longa distância, não é um exímia finalizador, e não tem predominância com sua perna esquerda, se tornando previsível. Fora isso, não tem postura a cacoete de cabeceador.

VELOCIDADE: Nota 8

É um volante rápido, que apoia bastante o ataque, gosta de arrancas com a bola quebrando as linhas adversárias, armando o jogo pelo meio do campo.

 

MÉDIA: 7.16

CURIOSIDADE

Sua primeira grande equipe na carreira é o Vitória, por conta disso também Dudu Vieira só tem um título na carreira, foi campeão do Paulistão A2 (segunda divisão do campeonato paulista) em 2016, pelo Santo André.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

É um jogador com bagagem na série B, jogou grande parte dos jogos nas duas últimas edições, pelo Figueirense e São Bento, para compor elenco, ou até mesmo ser titular em algumas formações, como a de três volantes, ele pode ser útil, joga uma segundona sem dificuldade. No entanto, as contratações do clube devem ser pontuais, não se pode ter muita aposta, tem que se ter uma análise criteriosa e certeira, precisamos de jogadores qualificados para vestir a camisa e jogar. Vamos torcer para que Dudu Vieira apresente um bom futebol e nos ajude nessa longa caminhada na segunda divisão.

 

É isso aí galera!

 

Por: Paulo Roberto/@Paulorobert1899

Foto: EcVitória.